Publicado por Finlândia Seguros

Quais as diferenças entre Carta Fiança e Seguro Garantia?

Por terem o mesmo objetivo, o cumprimento de contratos, muitas pessoas ainda fazem confusão entre essas duas opções existentes no mercado. Nesta postagem iremos explicar a diferença entre elas e algumas  das vantagens e desvantagens.

No mundo dos negócios, o acordo entre duas partes interessadas em um projeto acontecem a todo momento. O problema é quando umas das partes não cumpre o seu dever, seja por um imprevisto ou por má fé. O não cumprimento das cláusulas contratuais pode acarretar em vários tipos de prejuízos e danos intangíveis, por isso, para evitar que situações como essa ocorram, existem opções no mercado que garantem que os acordos realizados sejam efetivados.

Carta Fiança

Um deles é a Carta Fiança, que é uma garantia oferecida por uma instituição bancária que assume o papel de fiadora. O banco em questão emite a carta para o credor/beneficiário e garante que ele receba a indenização monetária (em caso de não cumprimento do trato firmado) para dar continuidade às cláusulas previstas inicialmente. A Carta Fiança ou Fiança Bancária é regulada pelo Banco Central (BACEN).

O lado negativo é que neste tipo de garantia, os juros e taxas cobrados são muito altos. Além disso, os limites de crédito da empresa tomadora ficam comprometidos, prejudicando futuros empréstimos ou outras linhas de crédito. Outra grande desvantagem é que o processo também é mais demorado e muito mais  burocrático.

Seguro Garantia

O Seguro Garantia também é uma forma de assegurar o cumprimento de contratos, mas nesse caso, é emitido por uma seguradora. O tomador (contratante) paga (de forma antecipada) um prêmio (mensalidade) para que a seguradora garanta o cumprimento das cláusulas, caso o seguro seja acionado. Essa modalidade é regida pela Superintendência de Seguros Privados (SUSEP).

Essa antecipação é uma grande vantagem do Seguro Garantia em relação a Carta Fiança, já que não há surpresas em relação ao pagamento de taxas imprevistas e juros. Os valores também são bem menores do que os praticados pelos bancos. A taxa anual de uma apólice gira entre  0,3% e 3%, de acordo com o porte do tomador, enquanto a média da Fiança Bancária fica entre 3% e 7%.

Outras vantagens do Seguro Garantia são: facilidade e agilidade de contratação e a possibilidade de negociar as coberturas. Esses pontos são muito importantes para as empresas: primeiro porque possibilita que as análises e aprovações sejam feitas em poucas horas e permite que instituições de variados portes tenham acesso ao produto, e segundo porque possibilita a inclusão de coberturas adicionais. Também é possível fazer ajustes na apólice, personalizando-a de acordo com as necessidades da sua empresa.

Cada empresário precisa avaliar o que se encaixa melhor no seu perfil e no do seu negócio. Avalie todos os pontos, mas não deixe de fortalecer a segurança dos seus contratos.

Ficou com alguma dúvida? Nos envie uma mensagem que iremos te auxiliar.